Quarta, 22 de Setembro de 2021 15:54
73 98168-2875
Polícia Bitcoin

PF apreende R$ 150 mi em Bitcoin

De acordo com a PF, é provável que a apreensão seja a maior do Brasil

27/08/2021 00h31
226
Por: Redação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Polícia Federal apreendeu 591 bitcoins do dono da empresa GAS Consultoria Bitcoin, Glaidson Acácio dos Santos, alvo da Operação Kryptos, realizada nesta quarta-feira (25). O montante equivale a R$ 150 milhões.

De acordo com a PF, é provável que a apreensão seja a maior do Brasil, se somados os valores de criptomoedas e espécie. Segundo o "Criptofacil", as moedas digitais serão liquidadas e ficarão à disposição da Justiça.

Na operação também foram apreendidos R$ 13.825.091, 100 libras esterlinas, barras de ouro, 21 carros de luxo, diversos relógios de alto valor, joias, aparelhos eletrônicos, incluindo carteiras de criptomoedas, e documentos.

A quantia foi tanta que a PF precisou recorrer a uma empresa de valores. Além disso, foi necessário pedir um carro-forte para transportar os malotes até o local da contagem.

As investigações ainda apontam que o chefe do GAS Consultoria Bitcoin movimentou cerca de R$ 2 bilhões em suas contas bancárias.

Além do montante, cinco suspeitos foram presos: Glaidson, Arthur Leite - trader e sócio da GAS - e outra pessoa não identificada. Já em São Paulo, Tunay Pereira Lima, detido no Aeroporto de Guarulhos, quando tentava embarcar para Punta Cana, na República Dominicana e outro que não foi identificado.

De acordo com a PF, os investigados poderão responder, na medida das suas responsabilidades, por gestão fraudulenta de instituição financeira clandestina, emissão ilegal de valores mobiliários sem registro prévio, organização criminosa e lavagem de capitais. Se condenados, poderão cumprir pena de até 26 anos de reclusão.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.