Quarta, 22 de Setembro de 2021 14:59
73 98168-2875
Polícia Violência

Bahia sobe no ranking e é 2º estado com maior taxa de mortalidade violenta juvenil

Bahia subiu no ranking negativo dos estados brasileiros que em 2019 registrou as maiores taxas de mortalidade violenta juvenil

31/08/2021 20h43
193
Por: Redação
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A Bahia subiu no ranking negativo dos estados brasileiros que em 2019 registrou as maiores taxas de mortalidade violenta juvenil, ao lado do Amapá (1º) e de Sergipe (3º). No ano anterior, em 2018, as primeiras colocações foram ocupadas por Roraima, Rio Grande do Norte e Ceará. Os dados constam no Atlas da Violência, divulgado nesta terça-feira (31) pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

O levantamento mostra que a Bahia registra uma taxa de 97 homicídios de jovens a cada 100 mil. O indicador é superior a média nacional de 45,8. O Amapá, primeiro colocado do ranking, tem taxa de 101,8 e Sergipe (3º colocado) 90,5.

O Fórum destaca que no Brasil a violência é a principal causa de morte dos jovens. Em 2019, de cada 100 jovens entre 15 e 19 anos que morreram no país por qualquer causa, 39 foram vítimas da violência letal. Entre aqueles que possuíam de 20 a 24, foram 38 vítimas de homicídios a cada 100 óbitos e, entre aqueles de 25 a 29 anos, foram 31

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.