Sábado, 02 de Julho de 2022 18:18
73 98168-2875
Política CPI

Oposição vai coletar assinaturas para abrir CPI dos respiradores na Bahia

O relatório, apresentado nesta quinta-feira (16), traz o indiciamento do governador baiano, Rui Costa (PT)

17/12/2021 10h10 Atualizada há 6 meses
288
Por: Redação
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Após a apresentação do relatório da CPI dos respiradores na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (AL-RN), deputados da oposição querem abrir uma Comissão Parlamentar de Inquérito sobre o caso na Bahia. O relatório, apresentado nesta quinta-feira (16), traz o indiciamento do governador baiano, Rui Costa (PT), além do ex-secretário da Casa Civil estadual, Bruno Dauster, e do secretário-executivo do Consórcio Nordeste, Carlos Gabas.

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), assim como outros agentes públicos, servidores e empresários, também foi indiciada. Em entrevista ao BNews, o líder da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), deputado estadual Sandro Régis (DEM), declarou que a bancada irá coletar assinaturas para a abertura de uma CPI.

“Não nos resta outro caminho a não ser a abertura de uma CPI para serem investigados todos os fatos […] A bancada de oposição irá preparar uma peça fundamentada no relatório aprovado na CPI do Rio Grande do Norte. Iremos coletar as 21 assinaturas, que são assinaturas necessárias, regimentais, pra se abrir CPI na Casa e tenho convicção que o presidente não irá indeferir”, afirmou.

A comissão no Legislativo potiguar teve como alvo a compra frustrada de 300 respiradores pelo Consórcio Nordeste, que custou R$ 48,7 milhões aos cofres dos nove estados da região. Rui Costa, que presidia o consórcio à época, foi indiciado por improbidade administrativa. Atualmente, a bancada de oposição na AL-BA conta com 17 deputados, quatro a menos que o necessário para abertura de CPI.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.