Terça, 25 de Janeiro de 2022 13:37
73 98168-2875
Especiais Campanha

Tribunais regionais Eleitoral e de Justiça fazem campanhas para ajudar desabrigados

Estão realizando campanhas para arrecadar donativos para ajudar as pessoas desabrigadas pelas chuvas que atingem o interior do estado.

27/12/2021 20h03
166
Por: Redação Fonte: BN
Foto: Grupamento Aéreo da PM-BA
Foto: Grupamento Aéreo da PM-BA

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) e o Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (TRT5-BA), junto com a Associação dos Magistrados do Trabalho da 5ª Região (Amatra5), estão realizando campanhas para arrecadar donativos para ajudar as pessoas desabrigadas pelas chuvas que atingem o interior do estado.

No caso da campanha mobilizada pelo TRT e a Amatra5, as doações podem ser feitas em dinheiro, pelo PIX CNPJ 14.739.320/0001-72, ou em mercadoria como garrafões de água mineral de 10L ou 20L, caixas de sabonetes e pacotes de papel higiênicos e pacotes de feijão, arroz, farinha, açúcar e flocão de milho. As entregas são de segunda a sexta-feira, das 9 às 15h, na sede do TRT5, na R. Bela Vista do Cabral, 121 - Nazaré, Salvador.

Já o TRE-BA, abriu sua sede no Centro Adrministrativo da Bahia (CAB) nesta segunda-feira (27) para a arrecadação de donativos. O tribunal irá funcionar das 9h às 17h para a entrega de colchões, cobertores, itens de higiene, água potável, alimentos não perecíveis e roupas. Os bens serão destinados para os desabrigados das regiões que nos últimos dias têm sido afetadas por fortes chuvas.

Para arrecadar os donativos, a Justiça Eleitoral na Bahia realiza uma força-tarefa que conta com a presença de abnegados servidores do Órgão. Eles atuarão na separação e organização dos itens doados. Interessados em contribuir podem entrar em contato com o Tribunal, por meio do e-mail apoioasvitimasdaschuvas@tre-ba.jus.br.

Até o momento, 72 cidades estão em situação de emergência, conforme decreto do Governo do Estado. Já foram confirmadas 20 mortes causadas pelas enchentes. Mais de 31,5 mil pessoas estão desabrigadas, 31,3 mil estão desalojadas e, aproximadamente, 350 pessoas estão feridas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.